Sua casa, sua vida!

coleção

 

 

 

 

 

 

Conversando com meus queridos clientes, me pego mais uma vez refletindo sobre como dar a sua personalidade ao seu ambiente…

Esta é uma questão bastante complicada para muitos, tão complicada quanto achar o seu estilo pessoal de se vestir. Confesso que eu mesma estou sempre mudando de ideia a respeito da minha casa e de minhas roupas. Aqui é um eterno laboratório, onde as mudanças são muito bem vindas… talvez, pensando um pouco, seja isso mesmo que reflete o meu estilo – geminiana inconstante que sou – vivo mudando de gosto e de humores!

Segundo a escritora e crítica cultural Virgínia Postrel em seu livro The substance of the style, “a identidade é o significado da superfície” seja esta superfície composta de pessoas, lugares ou coisas, ou seja, a sua identidade é composta das escolhas visuais que você faz para se mostrar ao mundo, e é através dela que você pode ser reconhecida de uma forma ou de outra.
Assim é com a sua casa, a maneira como você dispõe os objetos, define as cores, os móveis, enfim… tudo reflete a maneira que você vive e se comporta diante da vida – sua casa traduz suas escolhas!

Conheço várias pessoas que acabam não arriscando em nada nos seus ambientes com medo de fazer errado… não preciso ir longe, minha mãe (que tem um excelente senso estético) ficou anos, sim ANOS, sem expor objetos em sua sala por medo de errar! Ela investiu em móveis novos, cores, luminárias… mas as superfícies das paredes e aparadores ficaram lá… pelados!
Hoje (com um pequeno empurrãozinho desta que vos fala! Rsrsrsrs) a sala da minha mãe está repleta de memórias! Linda como ela!

Não curto muito estes manuais de “como mudar qualquer coisa em sua vida em 10 passos fáceis”, mas vou dar algumas pistas que podem servir de incentivo para que seu espaço reflita a sua personalidade:

1 – use as suas cores preferidas!
Sério, se você se sente mais feliz quando está usando suas cores preferidas em suas roupas, porque não usá-las em seu ambiente?
Se for ousado, invista em pintura ou papel de parede com as cores que mais gosta. Pode ser o cômodo todo, uma parede ou até mesmo um cantinho, um detalhe.
Se não se sente tão aventureiro, use a sua paleta favorita nos detalhes menores, como almofadas, cortinas e objetos decorativos. Assim, pode mudá-los conforme seu humor!

2- exponha-se!
Faça de seus objetos de grande valor afetivo e com histórias para contar, parte da sua decoração.
Sabe aquele talher de prata que era do seu pai? Aquela roupinha especial do seu filho? Aqueles objetos que trouxe das tantas viagens?
Use-os! É reconfortante olhar ao redor e encontrar aquilo que nos faz bem, reconhecermo-nos em nossa própria casa.
Dependendo do objeto ele pode ser colocado em uma moldura ou até mesmo diretamente em algum lugar de destaque, o importante é que ele fique ali, à sua vista.
Assim, quem entra na sua casa fica sabendo de parte da sua história, das coisas que você gosta, das suas paixões, afinal, a casa é o reflexo da alma de quem nela mora, não? Além disso, objetos diferentes podem ser ponto de partida para as conversas mais interessantes.

3- mostre suas coleções!
Assim como seus objetos queridos, suas coleções dizem muito sobre você.
Uma boa dica é arrumá-la toda em um mesmo lugar, como um aparador ou prateleira. Os objetos semelhantes (seja no uso, na cor ou na forma) são valorizados e assumem maior destaque quando colocados juntos. Tire os elefantinhos de louça do armário!

4- crie espaços especiais!
Sempre sonhou com um canto de leitura? Um sofá aconchegante para ver filmes? Um cantinho para a horta na cozinha?
Faça acontecer! Invista em espaços que trazem conforto e satisfação a você e sua família.
Uma manta quentinha no sofá no inverno ou uma bandejinha com café e chocolates podem fazer milagres em seu humor.
Sua casa ficará linda e uma delícia!

5- não tenha medo de ousar!
Use a sua criatividade e mude, transforme, acrescente, troque… se você está sempre mudando, porque a sua casa deve continuar a mesma?
Se não ficar bom, mude novamente! Mas não precisa necessariamente gastar com isso, às vezes basta mudar os objetos ou móveis de lugar e o clima já fica totalmente diferente.
Abuse do que você já tem de uma forma que nunca fez antes. É sempre revigorante!

6- mostre seus livros!
Muita gente pode não concordar com esta sugestão, mas eu amo ver os livros que as pessoas leem!
Além disso, as capas coloridas funcionam como ingrediente a mais na composição do ambiente.
Só não vale comprar livros para a decoração e nem sequer folheá-los! Os livros, assim como os objetos devem falar de você, seus gostos, suas preferências e até mesmo contar a sua história…

7- mostre suas fotos!
Relembrar os momentos felizes e as pessoas queridas cada vez que bate o olho numa fotografia pode ser reconfortante.
Escolha aquelas que você e sua família mais gostam e procure formas criativas para expor, como painéis, varais, quadros e porta-retratos.
Só tome o cuidado de não colocar à vista dos visitantes aquelas fotos que você não gostaria de dividir com ninguém! Rsrsrsrs

Enfim, estas são pequenas atitudes em que eu acredito e que procuro aplicar na minha casa e sugerir aos meus clientes. Devem existir outras tantas que você faz e nem se dá conta!
Não esqueça que comunicando ao mundo o nosso estilo particular dizemos quem somos e mostramos a forma como queremos ser tratados.
Assim como cada pessoa, cada casa é única, e aí é que está a graça da vida!

Beijinhos

Advertisements

5 thoughts on “Sua casa, sua vida!

  1. Eu nunca sei como dar personalidade para a minha casa. Tenho uma coleção imensa de coisas, livros, objetos e imagens que eu amo, mas não sei organizar 😦
    Acabo achando que tudo fica “jogado” e empilhado, bagunçado de qualquer jeito mas também não quero esconder as coisas em armários. Muito difícil!!!!!

    • Pede ajuda pra ex-universitária! Hahahaha
      Uma boa dica é agrupar usando alguma característica em comum, como a cor, o assunto ou a forma!
      Vale para coleções, objetos, livros, discos, etc…
      Usar como base para outros objetos decorativos ou criar “cantinhos temáticos” também costumam funcionar!
      Beijos

  2. Pingback: Leve a vida mais leve – por uma rotina mais organizada | arquimãe

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s